Floresta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Floresta

Mensagem por Big boss em Dom Maio 17, 2015 4:06 pm


Floresta


Geralmente utilizado para o jogo mais esperado, Capture a Bandeira, a floresta é um vasto local preenchido por diversas espécies de árvores. Espíritos da natureza habitam boa parte, entretanto, mais ao fundo, a floresta torna-se escura, e ninguém sabe ao certo o que realmente vive por lá.

avatar
Big boss

Mensagens : 204
Data de inscrição : 11/05/2015

http://rpgargentum.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Qui Ago 06, 2015 9:06 pm

 
O Sol já começara a descer para o ocidente, deixando todo o céu com aquele tom de laranja que Valkyria adorava. A garota havia tomado um banho bem demorado no banheiro no chalé um, após um longo dia de treinos. A semideusa estava sentindo falta de Loreal e sua mania de arrumação, a cabine um ficava muito sombria quando sua irmã divina não estava lá para animar o local, e por conta disso, a filha de Zeus decidiu dar uma volta pelo acampamento.

Ficara andando sem rumo por algum tempo, apenas cumprimentando alguns semideuses conhecidos e chutando pedrinhas por seu caminho, mas quando a menina escutou um uivo altíssimo, arregalou seus olhos e animou-se de imediato. Não esperava por uma visita de Týr e Fenrir, geralmente ficavam fora por um período mais longo. Devem ter sentido que sua amiga semideusa estava se sentindo solitária demais naquele local... Thor, o machado de Valkyria, encontrava-se embainhado em sua cintura apenas por segurança, sabia que não precisaria usá-lo enquanto estivesse com seus maravilhosos lobos. A semideusa saiu correndo em direção a floresta, louca para poder abraçar e acariciar o pelo felpudo de seus "nenéns", que estavam “de férias” nos últimos dois meses.

Já na extensão da floresta, a filha de Zeus encontrou os olhos azuis de Týr, ele começara a abanar sua calda felpuda quando vira a menina, e ela deixou um enorme sorriso formar-se em seus lábios, correndo rapidamente para abraçar seu lindo lobo branco. Fenrir estava logo atrás de Týr, seus olhos alaranjados contrastados em seus pelos negro, o mesmo aproximou-se para lambuzar em saliva a sua fiel amiga, Valkyria.

Os três acomodaram-se na sombra de um carvalho enorme, e a semideusa ficou acariciando as orelhas de seus amigos lupinos, alegre por eles finalmente terem voltado para perto dela.

– Ficar sem vocês e Loreal é horrível, sabiam? – A menina deitara-se, apoiando a cabeça em Fenrir. – Espero que fiquem por bastante tempo... Não suportarei mais nem um segundo sozinha aqui. – Fechando seus olhos, Valkyria podia respirar tranquilamente o doce ar da floresta...
I was lost, just like a raven in the night



Última edição por Valkyria Wolve Schramm em Sex Ago 07, 2015 8:31 am, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Qui Ago 06, 2015 10:56 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Insegurança. Isso era não definia só o Acampamento Meio-Sangue, mas todos aqueles que estavam ali também. Bastardos amaldiçoados pelo destino que procuravam ali uma tentativa de viver normalmente, embora nada ali fosse normal. Era inseguro viver fora das proteções daquele local, com incontáveis criaturas te caçando. E até quando a barreira mágica suportaria aquilo?

Já cansado de ficar no chalé dezesseis sem fazer exatamente nada, caminhava por toda aquela extensão, procurando algo para fazer. Qualquer coisa que me tirasse do tédio. Apolo já se retirava com sua carruagem solar divina, em breve dando espaço para Ártemis e Nyx. Naquele meio-termo, o céu que cobria Long Island tinha uma coloração alaranjada, e mesmo não sendo daqueles de observar pôr do sol e nem admirar toda aquela natureba, deveria admitir que a cena era bem linda. Andava com Sesshoumaru pela floresta, passando por dríades que fugiam de sátiros. Um bando de safados, doidos para foderem no meio do mato.

Algumas correntes de ar gélidas sopravam ali, trazendo o típico clima ameno que viria com a noite. O suéter vermelho parecia esconder a camisa do acampamento, e já não carregava arma alguma. Se alguém viesse pra cima, tomaria umas boas porradas. Na mão mesmo - apesar de que Sesshoumaru parecia afastar as poucas criaturas ali presentes. Até que, depois de tanto percorrer aquele bosque, uma garota estava deitada com dois lobos ao redor. Poderia ser perigoso, mas gostava do perigo.

- Bon jour. - Sorri, fitando-a enquanto me aproximava sutilmente. - Desculpa interromper seja lá o que você estiver fazendo, mas esse lugar tá me dando tédio. Alguma sugestão de diversão por aqui?

Só conhecia uma garota em todo o acampamento, embora não sabia onde diabos ela estava - até porque ela era quase uma garota fantasma, literalmente. Talvez fosse bom conhecer gente nova.





Última edição por Drake Saltzman em Sex Ago 07, 2015 1:01 pm, editado 1 vez(es)


I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Sex Ago 07, 2015 11:22 am

 
A filha de Zeus escutava as risadinhas das dríades e ninfas, os cascos dos sátiros esmagando as folhas secas que encontravam-se na grama, mesmo de longe podia escutar o som alto das conversas e risadas dos semideuses, e até mesmo o som de batalhas ocorrendo na arena de treinamento. O acampamento era seu lar, o ambiente favorito da garota, mas sentir-se vazia e solitária dessa forma, era deprimente.

Mantinha-se com seus olhos fechados, apenas escutando tudo ao seu redor. Um de seus lobos lambeu seu rosto, um gesto de carinho que costumava ser raro, mas sempre no momento certo. De repente, Fenrir levantou-se bruscamente, fazendo com que Valk colidisse com a cabeça no chão. Sem entender o porquê de tal movimento, a semideusa começou a se levantar, acariciando o local que havia batido. Ambos os seus lobos estavam em uma posição defensiva, rosnando, com seus pelos eriçados e seus dentes a mostra.

— Hey... Calminha, garotos! — Falou serenamente com seus mascotes. Ela levava a mão até o machado que ainda estava embainhado em sua cintura, preparando-se para o que quer que fosse, mas logo encontrou aquilo que para seus amigos era uma ameaça. Ha alguns metros, encontrava-se um garoto alto e forte, junto a um cachorro enorme e branco. O rapaz sorria para a Valkyria enquanto ia se aproximando lentamente. Com os olhos semicerrados, Valkyria colocou a mão em seus lobos e acariciou seus pelos, para acalmá-los. — Está tudo bem, queridos… Ele não é uma ameaça. — Sussurrou.

A garota já tinha visto o rapaz em algum lugar do acampamento, pois o seu rosto parecia muito familiar. Caminhou para frente de seus lobos e arqueou as sobrancelhas encarando o moço, esperando por algo de sua parte.

— Bon jour. — Disse ele. — Desculpa interromper seja lá o que você estiver fazendo, mas esse lugar tá me dando tédio. Alguma sugestão de diversão por aqui? — Valkyria o mediu com os olhos por alguns segundos e enfim soltou um suspiro.

— Eu só estava relaxando com meus mascotes. — Disse Valk. — Creio que agora já não possamos fazer mais nada divertido fora dos limites do acampamento. — A garota pigarreou e foi andando na direção do rapaz. — Você é novo por aqui, não é? Me chamo Valkyria, — ela estendeu sua mão para que ele a cumprimentasse, como pessoas normais costumam fazer. — e o prazer é todo seu.

I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Sex Ago 07, 2015 2:03 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Os lobos ao redor da semideusa rapidamente se levantaram ao notar minha presença, ficando em posição de defesa, rugindo. Sesshoumaru fez o mesmo, seus olhos vermelhos estavam focados nos dois animais à frente. Entretanto, pus uma das mãos sobre o focinho do cão infernal, em seguida acariciando sua cabeça.

- Você acabou de comer, Sessh. Sobremesa só depois.

A garota levantou e se aproximou, ficando de frente para mim. Seus olhos me encaravam, e eu fazia o mesmo. Por fim, soltei um sorriso, em resposta ao seu comentário anterior.

- Eu não sou uma ameaça? Nesse exato momento sua cabeça poderia estar rolando na grama. Mas acho que ela fica melhor nesse corpinho. - Arqueei uma das sobrancelhas, fitando-a.

A meio-sangue estendeu a mão, e em seguida a segurei, trazendo-a sutilmente para cima enquanto fazia o movimento oposto com a cabeça, dando um leve beijo na parte externa. Não que fizesse questão de ficar bancando o cavaleiro, até porque odiava toda aquela cordialidade que os membros da minha família tratava os outros poderosinhos da França. Mas precisava deixar claro que não arrancaria nenhuma parte do corpo dela.

- Drake. E o prazer vem só de outro jeito. - Sorri novamente, então virei-me para a criatura do submundo que me acompanhava. - Ei, pode ir brincar. Vou ficar bem. - Abracei-o, e o cachorro gigante latiu e correu para o meio do mato. Torcia para que não devorasse um espírito da natureza no caminho.

Não que fosse do tipo meloso, mas Sesshoumaru não era só um mascote para mim. Era meu melhor amigo ali dentro. E se não fosse por ele, estaria sozinho. Então voltei à semideusa que acabara de conhecer.

- Cheguei há algumas semanas. Mas é uma pena que não há nada que possamos fazer por aqui. - Suspirei, tentando fazer uma cara triste enquanto segurava uma risada ao perceber o que estava fazendo.



[/quote]


I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Sex Ago 07, 2015 5:39 pm

 
A filha de Zeus dera um risadinha patética quando o garoto disse que ela poderia ter sua cabeça arrancada, mas que ele preferia que continuasse em seu corpo. O rapaz fora um "gentleman" beijando a mão de Valkyria, como os rapazer nobres costumavam fazer nos tempos antigos, e naquele momento já havia ganhado a simpatia da menina viking. Mesmo que ela gostasse dos brutamontes retardados, um rapaz gentil sempre era bem vindo em seu circulo de amizades.

Drake, esse era seu nome, dispensou seu amigo canino e voltou-se para Valk com uma feição tristonha, por não terem muito o que fazer ali no acampamento.

— É que, costuma ser perigoso, sabe? Nada que não possamos lidar, mas eu costumo fazer as coisas de acordo com as regras. — A menina suspirou e sorriu. — Pode não parecer… Mas eu sou uma mocinha comportada. Bem Drake, seja bem-vindo ao acampamento meio-sangue. — Virando-se para seus lobos a menina assoviou para chamar a atenção dos mesmos, que brincavam entre si. — Týr! Fenrir! Encontro vocês mais tarde a caminho do chalé, não fiquem muito longe. Agora vão! — Ela acenou e seus mascotes correram floresta a dentro.

Valkyria começou a seguir um caminho que levava ao riacho de Zéfiro, esperando que o novato a acompanhasse. Obviamente ela virou o rosto, utilizando um de seus poderes para que os cabelos fossem jogados ao vento, de modo sedutor que ela fazia propositalmente, e observou de soslaio o semideus que vinha logo atras.

— Espero que esteja gostando daqui… Já se tornou monótono nos últimos oito anos, mas é uma boa vida para se ter. — Como sempre, quando nervosa, Valkyria mordiscava seus lábios. Porém não era o nervosismo de ter um garoto bonito por perto, mas sim por conhecer alguém novo... Ela já estava acostumada com todos os outros, e geralmente os novatos nem olhavam para el Era uma novidade para a menina.
I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Sex Ago 07, 2015 11:45 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Eu apenas observava a garota explicar inúmeros fatores ali presentes que não proporcionavam diversão. Tudo bem, lá fora poderia ser perigoso, mas o que seria da vida sem perigo? Ela fez o mesmo que eu com seus lobos, e então ficamos apenas nós dois ali.

- Mocinha comportada? - Soltei uma risada. - Então eu sou a última pessoa que poderia conhecer. Ou então talvez você realmente precisava ter o prazer me conhecer. - Sorri, arqueando uma das sobrancelhas.

E eu sabia que nos mais dóceis seres habitavam os mais malvados demônios.

A semideusa começara a andar, e sem saber o que mais fazer, decidi segui-la. Não fazia a mínima ideia de onde estaria sendo levado - poderia ser uma armadilha, mas não ligava mais. Ia descer o braço em quem aparecesse. Algumas correntes de ar eram sopradas, balançando os cabelos de Valkyria como nos filmes. Segurei um sorriso ao ver aquilo, mas deveria admitir que ela estava conseguindo chamar minha atenção.

- Esse lance todo da sedução faz parte das boas vindas? Espero que nem todo mundo tenha recebido esse pacote. - Não pude conter outro sorriso ao provocá-la. - Olha, até que viver aqui não é ruim. Mas me sinto sozinho. - Franzi o cenho, desta vez meus olhos não eram direcionados àquela que me acompanhava.





[/quote]


I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Dom Ago 09, 2015 4:57 pm

 
O rapaz rira quando a filha de Zeus falara sobre ser uma mocinha comportada. Realmente não fazia o tipo de Valkyria... A garota nascera com um espirito líder, livre e selvagem, nem de longe ela passaria por uma mocinha comportada ou algo do tipo.

— BINGO! — A semideusa virou-se rapidamente de frente para o rapaz, sua mão direita na forma que representava uma arma de fogo, e a mão esquerda segurando o punho, os olhos semicerrados e encarando-o. — Você foi premiado com o meu charme excepcionalmente maravilhoso e divino! Sinta-se honrado, mero semideus... — Valkyria começou a rir, e depois virou-se novamente, continuando seu caminho.

Drake falou algo sobre sentir-se sozinho e novamente Valkyria cessou sua caminhada, desta vez encarando um ponto vazio no chão. Ela sabia exatamente como ele se sentia, e era bem triste saber que outros sentiam-se dessa forma também, pois esse era um sentimento que não desejaria a ninguém, com a solidão vem a depressão...

— Sabe Drake, eu te entendo... — Valk soltou um longo suspiro e então tornou a virar-se para encarar o rapaz. Os olhos dele pareciam perdidos em alguma coisa, como se ela já não estivesse mais em sua frente, ou que ele não estivesse mais presente em seu próprio corpo. Ousada que sempre fora, Valkyria agiu (como sempre) por impulso e segurou nos braços que encontravam-se cruzados sobre o peitoral do moço. — Ei... — Seu cenho estava franzido, mas a menina colocou um sorriso simpático em seus lábios. — Você não está sozinho. Assim como eu também não estou... Sei que é meio patético dizer isso sem nem ao menos te conhecer direito, mas nós estamos aqui, agora... Essa é nossa vida, aquelas pessoas lá, agora são a nossa família. — Val apertou carinhosamente o braço dele. — Eu e você estamos juntos nessa, ok?
I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Dom Ago 09, 2015 9:34 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Não pude conter uma risada ao ver e ouvir a semideusa em minha frente. Então aquilo realmente era proposital? Ela era gata, deveria confessar. "Foco, Drake", meu outro lado repetia mentalmente. "Não arruma mais confusão com garotas".

Parecia que caminhávamos sem rumo, e me perguntava onde seria esse tal lugar - e o que ela queria fazer lá. Mas, com minha última resposta, a meio-sangue parou novamente, e após um tempo de silêncio segurou meus braços. Todo aquele jeito de "fica tranquilo, somos uma família, vai dar tudo certo" era totalmente diferente do meu - que era algo mais próximo a "foda-se, foda-se e foda-se". Com Valkyria, era como se fôssemos yin e yang. Ou talvez não fôssemos tão diferentes quanto imaginava.

- Eu costumo atrair problemas. Também não sou uma pessoa completamente boa, o que explica o fato de não ter ninguém. Não acredito que ficaria ao meu lado com tudo isso. - Na frente da garota, que me segurava, minhas mãos tocavam seu rosto, agindo instintivamente. Não sabia explicar o motivo de tamanha sinceridade, mas tudo que dizia era real. Depois de tanto fitar o vazio, meus olhos voltaram a encontrar os dela. - Mas mesmo assim... - Meus lábios se uniram aos da campista, em um breve beijo que eu mesmo não sabia explicar a razão de fazê-lo. - Okay. Eu acredito em você, Valky.







I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Seg Ago 10, 2015 2:27 pm

 
A filha de Zeus sempre fora impulsiva e cabeça quente, mas quando alguém precisava de sua ajuda, ela não sabia como negar, ou simplesmente ignorar... Valkyria sempre se importou demais com as pessoas, mesmo que não fossem próximas a ela. Talvez estivesse “ajudando” Drake – dizendo aquelas coisas fofas - apenas para sentir-se bem com si própria, ou apenas para não ter que vê-lo novamente com aquele olhar tristonho. Por algum motivo Valk gostava daquele moço e tinha certeza que ele estava errado sobre si mesmo.

— Atrair problemas é algo que sempre iremos fazer, afinal, somos semideuses. — Valk sorriu. — Mas não se preocupe, eu não costumo julgar ninguém por seus atos... — A prole do senhor dos raios queria continuar falando e falando, como sempre fazia quando estava nervosa ou com vergonha, mas fora surpreendida. Drake encarou a garota de um modo que fez com que ela sentisse como se um furacão estivesse dentro de si, e então selou seus lábios nos dela.

Claro que Valkyria já havia beijado alguns garotos, essa não era a parte esquisita da coisa, mas no momento, era como se algo mais forte envolvesse os dois... A garota jamais teria palavras para tentar descrever o que sentira. Quando o rapaz dissera que acreditava nela, chamando-a por um apelido carinhoso, Valkyria não pode deixar de sorrir.

— Obrigada... — Não sabia bem pelo que agradecia, mas conseguira dizer apenas aquilo.

A garota encontrava-se corada, torcendo para que Drake não percebesse, então virou-se rapidamente, puxando-o por sua mão e continuou caminhando, para que por fim chegassem ao riacho de Zéfiro.

— Aqui é o limite do campo de batalha entre os times do caça bandeira, em breve teremos um e você vai ver o quanto é divertido. — Valkyria recostou-se sobre o tronco de uma grande árvore, e sorriu para Drake. — É uma dos lugares que eu mais gosto de ficar, e nem tem motivos para isso, eu só... Me sinto tranquila aqui.
I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Seg Ago 10, 2015 10:08 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Valkyria continuava com aquele característico otimismo, dando justificativa sobre aquilo que falara. Poderia até fazer sentido o que ela dissera, mas eu sabia que não explicava tudo o que eu mesmo afirmava. Foi bom ela ter dito que não julgava-me por aquilo, admito.

Ela sorria após o beijo, o que era bom, pelo que sabia. Mas aqueles sorrisos eram tão lindos e tão fofos que naquele momento ficara parado, apenas a observando e sorrindo de volta. "Porra, Saltzman, se liga". A semideusa continuou a caminhada, me guiando enquanto segurava minha mão. Paramos em frente ao tal riacho, e ao ouvir seu nome fiz uma nota mental de depois procurar quem diabos era Zéfiro.

A meio-sangue estava encostada dm uma árvore, e havia explicado algo sobre uma competição e que gostava daquele lugar. Me aproximei dela, sem saber muito bem o que fazer.

- É um lugar bonito. Não tenho um local preferido, até porque não vi muita coisa. Mas esse tour foi legal, acho que vou procurar uma outra semideusa que faça isso também. - Sorri, provocando-a.






I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Qua Ago 12, 2015 8:50 pm

 
Após a piadinha de Drake, a filha de Zeus lhe deu um “soquinho” carinhoso no braço. Bom, ela acreditava que era apenas uma piada e então sorriu para o rapaz. Valk nunca era tímida, apenas ansiosa e muito falante, mas tudo tinha uma primeira vez... Val estava sentindo vergonha pela primeira vez na vida.

– Eu duvido muito que você possa encontrar uma pessoa tão incrível quanto eu. – Disse a menina e depois riu, achando-se patética e torcendo para que Drake não pensasse que ela era uma total imbecil, pois era como estava se sentindo.
Val não queria deixar o silencio dominá-los, mas não sabia o que dizer, ficara apenas encarando as águas correrem pelo rio, as náiades... Vegetando sem nem ver o tempo passar. Sem perceber sua mão tocara a de Drake e aquilo fizera com que a menina soasse muito mais idiota do que realmente era. Ela pigarreou, Drake havia percebido e ambos riram.

– É, acho que você pode encontrar garotas mais interessantes por ai...

I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Qui Ago 13, 2015 2:18 pm



A Wolf in Sheep's Clothing

Eu continuei rindo após a resposta dela. A Valkyria que havia conhecido há pouco era animada, falava até demais; mas aquela em minha frente parecia outra. Quieta. Nervosa, talvez? Entretanto, deveria confessar que ela estava bem fofa daquele jeito.

Não havia muito movimento ali, o que era algo bom. A garota segurara minhas mãos, e então fitei seus olhos novamente. A Valkyria que havia conhecido há pouco era bem otimista, e não acreditava que diria uma frase daquela. Talvez realmente fosse um outro lado da semideusa. Mas não poderia culpá-la, e no fundo sabia como era aquilo, até porque eu mesmo não me reconhecia mais daquele jeito. Lentamente me aproximei dela, e nossas testas se encontraram, deixando uma distância mínima entre nossos lábios.

- Ou talvez você seja a garota interessante por aí. - Sussurrei.






I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Jackson Führman em Seg Ago 17, 2015 3:54 pm


We are wild
______________________________________________________________________________________

Do you wanna feel a little beautiful, baby?
______________________________________________________________________________________


Já sem o que fazer naquela base militar divina, andava pela floresta. O TDAH não me deixava ficar com a bunda sossegada no chalé, e já havia frequentado a arena mais cedo. Ainda não me acostumara com aquela vida, tudo era parado demais para mim. Sentia falta das bebidas e do cigarro também - já que após entrar ali, deveria bancar o bom garoto.

O sol logo iria se pôr, e ventos frescos sopravam frequentemente, dando uma sensação de clima ameno, fruto da barreira ali existente. Eram poucos os meio-sangues que se aventuravam naqueles bosques, o que era mais uma motivação para permanecer no local. Ficar longe de cuzões chorosos porque seus pais os abandonaram? Ótimo.

Encostado no tronco de uma árvore, com os braços cruzados, mantinha meus olhos fechados, tentando esfriar a cabeça. Lembrava dos dias em Moscou, de todo o sufoco passado lá. Talvez não fosse tão ruim viver ali, sem todos os demônios do mundo lá fora.


______________________________________________________________________________________

notes: interação - post 1

wearing: nothing -n

music: Young Volcanoes

tagged: Romanne

______________________________________________________________________________________


thank you secret


The only thing I do well is outlaw
avatar
Jackson Führman

Mensagens : 16
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 3
Health Points (HP):
100/120  (100/120)
Mana Points (MP):
100/120  (100/120)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Romanne Gautterier em Seg Ago 17, 2015 5:31 pm



Nunca entendi o fato das pessoas ficarem me encarando quando era nova em alguma lugar, eles não percebem que isso incomoda? O chalé 12 era aconchegante e era a minha nova casa, observei tudo atentamente não me esquecendo de nenhum detalhe importante. Tentei não pensar no fato que conviveria 24h por dia com meu pai, Dionísio, ainda  não tinha me acostumando a chamá-lo de pai, mas tentar não custa. Cheguei ao acampamento apenas trajando a roupa do corpo, meus pertences se limitavam em uma blusa do acampamento, que me deram como presente de boas vindas, a minha jaqueta de couro, que eu usava no dia que me trouxeram para cá, meus tão amados coturnos e a minha calça.

Já estava me sentindo sufocada dentro daquele chalé, não havia ninguém lá para conversar e eu estava com os pensamentos a mil. Me ajoelhei ao lado da cama e enfiei minha mão embaixo dela pegando o cantil de água que me deram, mas na verdade eu havia achado uma velha garrafa de vinho e coloquei dentro do cantil. Saí do chalé e fui em uma única direção, a floresta, sabia que ninguém gostava de ir para lá e quem sabe eu poderia fazer de algum canto lá, o meu pequeno refúgio. Caminhei silenciosa até um certo ponto da floresta, tinha ido longe o bastante para ficar longe das pessoas e longe dos monstros, que poderiam me matar, já que não tinha um bom treinamento. Sentei no chão, sentindo as folhas secas incomodarem um pouco e me recostei em uma árvore fechando os olhos por uns segundos. Abri o cantil e o ergui em um brinde solitário e o levei a boca dando um gole longo e saboroso. - Ah! está com certeza, é a bebida dos deuses. - murmurei baixo e sorri de canto, dando outro gole.



Romanne Aydee Gautterier | Daugther of Dionysus | I'm a Bad Bitch | "Unbowed, Unbent, Unbroken" | Grega ♥️
avatar
Romanne Gautterier

Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 19
Localização : Acampamento Meio - Sangue/ Chalé 12(69)

Ficha de Personagem
Nível: 1
Health Points (HP):
100/100  (100/100)
Mana Points (MP):
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Ter Ago 18, 2015 3:01 pm

Continuação da interação entre Valkyria e Drake.

 
E talvez o filho de Nêmeses tivesse razão, talvez Valkyria realmente fosse a garota interessante na vida dele. Por mais que não o conhecesse por completo, que não soubesse muito mais do que seu nome, e que estivesse no meio de uma floresta, aproximando-se do escurecer, sem nem ao menos ter certeza de que podia confiar naquele rapaz... Ela apenas confiava, sentia-se segura e poderia fazer aquilo de olhos fechados.

Se uma filha de Afrodite os visse naquele momento, diria "O M G! ESTOU SHIPPANDO MUITO VOCÊS DOIS. -mimimi- Vocês são perfeitos um para o outro", porque o que vivenciavam, parecia mais uma cena tirada de um filme de romance. O tom púrpura do céu, as sombras formadas pelas árvores, suas testas encostadas e um sentindo a respiração do outo. Valkyria queria muito beijá-lo novamente, beijá-lo até perder o ar e morrer...

A filha se Zeus não sabia explicar o motivo, mas não queria sair do lado daquele semideus nunca mais, porque de algum modo ela sentia que ele seria o único que faria com que ela fosse realmente feliz, não a abandonaria e eles ajudariam um ao outro... Realmente pareciam ser feitos um para o outro, e então Valkyria o beijou novamente. Desta vez com tamanha intensidade, como se fosse a ultima coisa que faria em sua vida.

I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Jackson Führman em Ter Ago 18, 2015 7:17 pm


We are wild
______________________________________________________________________________________

Do you wanna feel a little beautiful, baby?
______________________________________________________________________________________


Ficara um bom tempo ali fazendo vários nadas, só observando o tempo passar. Já não pensava em mais nada, toda a preocupação se esvaía.

Vez ou outra vinha a brisa refrescar o local, e onde estava não havia ninguém. Até que ouvi um barulho por ali, e a minha mente bolou inúmeras hipóteses. Poderia ser um casal com hormônios à flor da pele, mais uma brincadeira dos espíritos da natureza desocupados, um dos inspetores do acampamento ou até um monstro à solta. Então fiz o que toda pessoa curiosa faria: fui atrás daquilo. Até porque a curiosidade matou o gato, não o vira lata.

Entretanto, tudo o que encontrei foi uma garota, bebendo seja lá o que tivesse naquele cantil. Provavelmente ela tinha me notado com a aparição, e então dei de ombros, me aproximando dela.

- 'Cê devia ser mais discreta, como vai fazer algo escondido assim? - Ri, brincando com a campista. Até porque para alguém tomar algo sozinha no meio de uma floresta, não deveria ser água ali.


______________________________________________________________________________________

notes: interação - post 2

wearing: nothing -n

music: Young Volcanoes

tagged: Romanne

______________________________________________________________________________________


thank you secret
[/quote]


The only thing I do well is outlaw
avatar
Jackson Führman

Mensagens : 16
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 3
Health Points (HP):
100/120  (100/120)
Mana Points (MP):
100/120  (100/120)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Qua Ago 19, 2015 9:13 am



A Wolf in Sheep's Clothing

Nunca fora do tipo de cara romântico, de ficar todo apaixonado por uma garota. Na verdade, eu nunca gostei de verdade de alguém em todas aquelas quase duas décadas de vida. Não sabia o que era amor, muito menos explicar o que sentia ali. Seria mesmo Valkyria tão foda a ponto de me fazer mostrar um outro lado, de sentir tanta coisa em tão pouco tempo?

Minha respiração ofegante se misturava à dela, os batimentos cardíacos pulsavam com maior frequência a cada segundo que se passava. Tudo o que queria naquele momento era levá-la dali para um lugar onde nós, somente nós dois, ficaríamos juntos. Sem monstros, sem deuses, sem nada. Mas a vida não era tão perfeita assim, e sendo um meio-sangue, tal imperfeição era ampliada bruscamente. Sendo assim, só queria aproveitar aquela breve vida com ela. Mesmo podendo morrer a qualquer momento.

Seus lábios se uniram aos meus, tão intensamente quanto toda aquela tensão em meu interior - e puta que pariu, que beijo foi aquele. Prosseguira o ato, mordendo seu lábio inferior com o fim deste. Uma das minhas mãos acariciava seu rosto, tirando também fios de cabelo que cobriam parcialmente seus olhos. Com a outra em sua cintura, a puxei mais ainda, comprimindo ambos os corpos. Com uma mordida no pescoço da semideusa, ambas as mãos começaram a percorrer sua extensão corpórea. Éramos como dois animais, tomados pelo seu desejo carnal, com uma fome insaciável.






I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Qua Ago 19, 2015 2:37 pm

 
Talvez Valkyria não pudesse explicar aquela força súbita que fazia com que seu desejo crescesse e puxava Drake para si, tal força extrema tornava-os cada momento mais intensos e profundos, prestes a tornarem-se apenas um. Ela enrolava em seus dedos os cabelos próximos a nuca do rapaz e durante o beijo carinhosamente mordiscava o lábio inferior de Drake, também sorrindo durante o ato.

Aquela Valkyria tímida e cheia de depressões e mimimis, era apenas parte do que a menina realmente era, mas uma Valkye cheia de vida e disposta a aproveitar cada momento de sua vida como se cada suspiro fosse o último, era o que verdadeiramente a dominava.

A posição em que os semideuses se encontravam, nem de longe era confortável, então Val ousou e deixou um pouco de lado sua "vergonha na cara", passando uma de suas pernas para o outro lado do corpo do rapaz, ficou por cima dele deu um risada, e logo voltou a beijá-lo, como se aquilo fosse completamente comum em um primeiro encontro, que no caso deles havia sido por acaso.

Os lábios de Drake percorrendo seu pescoço e as mãos na cintura da garota, faziam com que os lugares mais improváveis do corpo de Valkyria se arrepiassem, e as borboletas no estomago aumentassem a intensidade. Seus corpos pressionados um no outro e a respiração ofegante de ambos, favorecia uma sensação prazerosa a Valk, a qual ela mal conhecia e já gostava demais.

I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Drake Saltzman em Qui Ago 20, 2015 6:55 am



A Wolf in Sheep's Clothing

Nossas carícias aumentavam cada vez mais, eram como gasolina para todo aquele fogo. Havia perdido a conta de quantos beijos e mordidas se perdiam ali, mas era tudo como se fosse a última coisa que fazíamos. Se algum inspetor aparecesse ali, estaríamos ferrados, mas estava pouco me fodendo para qualquer outra coisa.

As provocações seguiam, e eu as correspondia pressionando meus dedos contra a pele macia da semideusa, apertando coxas e nádegas - que mais tarde mostrariam as marcas de toda aquela selvageria. Ela ficou por cima de mim, ambas as cinturas coladas, que se moviam ao ritmo daquela pegação. Meu lado carinhoso havia crescido ali com ela, sim, mas o depravado seguia cada vez mais. Afinal, até os anjos têm seu lado demoníaco. Valkyria me excitava, lógico. Praguejei mentalmente ao lembrar que era um local público, e que não poderia alimentar ali todo aquele desejo de consumi-la por completo. Mas, mesmo assim, minhas mãos subiram pelo seu corpo, percorrendo-o por dentro de sua camisa. Após enfiá-las por baixo do sutiã, fiquei a apertá-los sutilmente, enquanto meus dentes cravavam-se no pescoço da garota, a fim de deixar um chupão ali.

Corria perigo, sabia disso. Mas, como já estava acostumado com a adrenalina, segui aquilo. Afinal, o proibido era mais divertido






I've got a wicked demon
And his hunger never fades
◀️▶️
avatar
Drake Saltzman

Mensagens : 86
Data de inscrição : 23/07/2015
Idade : 21
Localização : Quer um GPS?

Ficha de Personagem
Nível: 25
Health Points (HP):
200/340  (200/340)
Mana Points (MP):
185/340  (185/340)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Romanne Gautterier em Ter Ago 25, 2015 4:41 pm

O silêncio reinava no local, nada podia ser mais relaxante que isso. Me deitei sob a grama e fiquei observando o céu por entre as folhas das árvores, o sol morno irradiava sua luz por também entre as folhas, lembrava o céu da França, cheio de nuvens e com um sol morno. Lembro que eu passava horas observando-as deitada na grama da enorme mansão dos meu avós maternos, lembrava dos seus formatos esquisitos e de como me divertia em decifrar algumas figuras. Levei meu cantil mais uma vez aos lábios tomando um gole generoso e fechei os olhos absorvendo a brisa que passava vez ou outra por entre as árvores, sentia minha gargante aquecida pelo vinho e umedeci os lábios sentindo o sabor adocicado que ficara em minha boca. Estava quase dormindo quando escutei alguns passos. Me sentei ereta e olhei para de onde vinha o barulho, minha cabeça trabalhava rapidamente, pois, havia a possibilidade de ser um monstro e eu estava desarmada. Me levantei e avistei um rapaz caminhar em minha direção, meu corpo relaxou, mas ainda estava alerta.  Notei que ele olhou para meu cantil e depois riu proferindo algumas palavras. - Fui descoberta. Oh meus deuses! você irá me levar para Quíron por estar deitada? - falei brincando, mas meu tom sarcástico poderia ser mal interpretado, olhei para ele e dei de ombros  e peguei meu cantil, caminhando até um tronco tombado onde sentei e dei um pequeno gole. - Servido? - murmurei estendendo a mão com o cantil em direção a ele.

I wanna party and bullshit, And party and bullshit ©



Romanne Aydee Gautterier | Daugther of Dionysus | I'm a Bad Bitch | "Unbowed, Unbent, Unbroken" | Grega ♥️
avatar
Romanne Gautterier

Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 19
Localização : Acampamento Meio - Sangue/ Chalé 12(69)

Ficha de Personagem
Nível: 1
Health Points (HP):
100/100  (100/100)
Mana Points (MP):
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Convidado em Qua Ago 26, 2015 1:20 pm

 
Aparentemente, Drake possuia uma chama única, capaz de penetrar no mais profundo daquela pedra de gelo de olhos azuis. Uma vez que Valkyria havia se entregado de tal forma, talvez ela não voltasse atrás. A filha de Zeus sabia que ambos corriam certo perigo estando fora da barreira, e longe da proteção de seus mascotes, mas não deixara aquela preocupação tomar-lhe, apenas aprofundou-se mais naquele momento que poderia considerar raro.

Seus lábios decorriam o rosto do rapaz, tocando o levemente, passando por seu maxilar, indo até a orelha e mordiscando o lóbulo da mesma. Ela sabia como era a sensação de ter alguém respirando ofegantemente perto daquele local. Provavelmente causaria arrepios em Drake, como o rapaz havia feito com ela... Seus lábios foram vorazes de encontro ao pescoço do rapaz, e ali ela pretendia deixar algumas marcas de "posse".

Suas unhas não muito longas se cravavam por ombros e costas do rapaz, as vezes ousando puxar o cabelo do mesmo, Valkyria sorria durante o beijo quando o provocava daquela forma. Movimentos involuntários saiam de si, mas ela não se importava em controla-los, afinal, era apenas Drake e ela, os espíritos da natureza, fofoqueiros e intrometidos que sempre foram, não estragariam aquele momento.
I was lost, just like a raven in the night


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Jackson Führman em Qui Ago 27, 2015 12:15 am


We are wild
______________________________________________________________________________________

Do you wanna feel a little beautiful, baby?
______________________________________________________________________________________


Ao me aproximar da garota, ela rapidamente se ajeitou e me encarou, fazendo outra brincadeira após meu comentário. Ri daquela cena, considerando suas palavras.

- Contar pro velho? Eu? Olha, você realmente não me conhece. Sou do tipo de cara que não gosta de seguir regras, sabe? - Sorri, fitando-a.

Os ventos haviam se cessado, e nenhum outro barulho era audível ali. Me aproximei da semideusa e dei um gole em seu cantil, sentindo o álcool misturado ao suco de uva descer na minha goela. Pelos deuses, há quanto tempo não tomava um vinho daqueles? Sem mais ninguém por perto, tirei do meu bolso um isqueiro e um cigarro, acendendo-o em seguida. A garota se sentou num tronco tombado ali, mas ainda me mantinha de pé, liberando aquela fumaça.

- Puta que pariu, tava com saudade de um bom álcool. Bem, tô te devendo essa, se quiser algo em troca... só falar. - Sorri novamente, e em seguida tirei o cigarro da boca. - Não tá fácil arrumar essas coisas pra cá pra dentro. Só esse aqui foi um sacrifício. Mas então, quer? - Ofereci-a.


______________________________________________________________________________________

notes: interação - post 3

wearing: nothing -n

music: Young Volcanoes

tagged: Romanne

______________________________________________________________________________________


thank you secret


The only thing I do well is outlaw
avatar
Jackson Führman

Mensagens : 16
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21

Ficha de Personagem
Nível: 3
Health Points (HP):
100/120  (100/120)
Mana Points (MP):
100/120  (100/120)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Romanne Gautterier em Sex Ago 28, 2015 3:30 pm

Não era com todas as pessoas que eu dividia meu vinho, mas aquele garoto parecia precisar beber um pouco, estava com uma cara de poucos amigos, mas suspeitei que essa fosse sua cara habitual. O garoto era encorpado e tinha uma pinta de "badboy", do jeito que faria as meninas delirarem só de olhar para ele, parecia ser uma cria de Ares, daqueles tipos que brigam por tudo. Ele tirou um isqueiro do bolso e logo após um cigarro, eu detestava cigarros, meu avó materno morreu de uma forma que era doloroso lembrar, passou boa parte de sua vida fumando e morreu com os pulmões ferrados, sem conseguir respirar direito e ainda pedindo a droga do cigarro. Ele soltou a fumaça e prendi a respiração por alguns segundos para não absorver o cheiro que me deixava enojada. Ele me ofereceu e apenas me limitei a negar com  a cabeça, podia beber, mas fumar era um vício que nunca teria. Me toquei que eu não tinha me apresentado, não era do meu feitio conversar com alguém que nem ao menos sei o nome, estendi a mão e olhei para ele - Eu me chamo Romanne, mas todos me chamam de Roma e sou filha de Dionísio e você é o ...? - deixei a pergunta no ar esperando uma resposta enquanto torcia que ele devolvesse meu vinho.

I wanna party and bullshit, And party and bullshit ©



Romanne Aydee Gautterier | Daugther of Dionysus | I'm a Bad Bitch | "Unbowed, Unbent, Unbroken" | Grega ♥️
avatar
Romanne Gautterier

Mensagens : 26
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 19
Localização : Acampamento Meio - Sangue/ Chalé 12(69)

Ficha de Personagem
Nível: 1
Health Points (HP):
100/100  (100/100)
Mana Points (MP):
100/100  (100/100)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum