Arena

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Arena

Mensagem por Ártemis em Qua Jun 03, 2015 9:37 pm


Arena


Um grande salão bordado a ouro é utilizado pelas amazonas em seus treinos diários. Há diversas instrutoras ao longo de todo o local, dispostas a ajudar no desenvolvimento das novatas. A arena modifica-se em cada dia da semana, organizando os treinos desta forma: Armas de longa distancia(segunda-feira), Armas de curta distância(terça-feira), Combate a monstros(quarta-feira), Sobrevivência na selva(quinta-feira) e Combate mágico(sexta-feira).
I. Post's com menos de dez linhas serão desconsiderados.
II. Cuidado com a gramática, pois está valerá boa parte de seus pontos.
III. O máximo de xp's conquistados nessa área é de 200.
IV. É permitido apenas três post em na arena por dia.  




if you wanna find love
then you know where the city is
avatar
Ártemis

Mensagens : 137
Data de inscrição : 11/05/2015

Ficha de Personagem
Nível:
Health Points (HP):
99999/99999  (99999/99999)
Mana Points (MP):
99999/99999  (99999/99999)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Emanuelle T. Bellegar em Sex Jun 05, 2015 2:04 pm


Bad Blood

cause baby now we got bad blood, we used to be mad love


Como rainha, seu tempo era extremamente ocupado, mas mesmo assim, não deixou-se por esquecer de seus treinos. Emanuelle ultrapassou o grande salão principal das amazonas e tomou rumo as arenas. Em suas mãos havia as duas adagas que desde o inicio serviram como amigas.

A arena estava preenchida por amazonas recém chegadas, elas não pareceram notar quem Emma era e isso a deixou um pouco confortável. Não que não gostasse de ser glorificada, entretanto, era importante que elas a tratassem como uma igualitária.

— Eu preciso de uma voluntária— Emanuelle aumentou seu tom de voz— Alguém que se disponha a treinar comigo por hoje.

— Eu!— Gritou uma semideusa. Seus longos cabelos eram louros e os olhos castanhos. Era novata, pode perceber, pois a garota ainda utilizava sua camisa roxa do acampamento— Eu era de grande destaque no acampamento, portanto não tema caso eu a derrube facilmente.

— Não se preocupe— Emanuelle abriu um sorriso gentil e se colocou em posição de ataque— Vamos, pode começar.

A garota utilizava uma espada, e não demorou muito para tentar a usar contra o pescoço de Emma. Ela esquivou para o lado, e usou uma de suas adagas para golpear a cocha da semideusa. A loira pareceu surpresa com o movimento rápido, entretanto, era egocêntrica demais para admitir isso. Segunda coorte, definitivamente segunda coorte.

Emanuelle agachou-se afim de evitar que seus cabelos fossem decapitados pela a espada, e trouxe seus pés a frente, colocando a semideusa no chão. Paralisou-a no chão, sentando em cima de seu tronco. A loira levantou seu corpo, usando sua força para jogar Emanuelle ao lado.

A garota agora estava em cima de si, e um sorriso malicioso surgiu em seus lábios rosados. Emma sorriu para ela na mesma medida, e empurrou a loira para trás, aproveitando esse meio tempo para se por de pé novamente. Quando assim fizeste, correu em direção a semideusa e levou Tenebris para frente.

A loira esquivou para a esquerda, evitando um suposto corte em sua bochecha e resultando em seus cabelos caídos ao chão da arena— Quem você pensa que é para cortar meus cabelos?

Emanuelle apenas riu. Não era sua culpa que a novata pouco sabia de sua nova casa, e ao tardar se encontrariam de qualquer forma. Voltou a focar-se na luta, usando suas adagas para golpear a garota. Entretanto, esta era muito rápida e sua espada vibrava a cada bloqueio que conseguia fazer, tendo alguns deslizes pequenos.

— Não pense muito, tente usar o instinto— Emma opinou, girando seu corpo em quarenta e cinco graus, e quase apunhalando a garota na região do coração— Muito lerda. Você podia ter me dado uma rasteira nesse meio tempo.

A garota avançou em direção a Emanuelle, levando sua espada em direção aos seus ombros. Emma deslizou alguns passos para trás, bloqueando os ataques com firmeza, e então utilizou de suas duas adagas para empurrar a lamina da espada e jogar a garota para trás.

— Você é muito boa— A garota disse ofegante, avançando novamente em direção a Emma— Eu a conheço?

A prole de Netuno desviou do golpe da garota, esquivando para o lado esquerdo e utilizando seu joelho para atingir o abdômen de sua oponente. Entretanto, foi pega de surpresa quando a garota segurou seu joelho e a empurrou para o chão. Emanuelle forçou um sorriso quando a dor penetrou suas costelas— É interessante que não me reconheça, amazona.

Em um tempo pequeno, a semideusa se impulsionou ao chão e levantou-se novamente. Suas adagas foram levadas a frente, e atacou sem aviso prévio, acabando por empurrar a outra semideusa até a extremidade da arena. Emanuelle lhe criou um corte na bochecha esquerda e com o cotovelo, pressionou um golpe contra o estomago de sua amazona.

O corpo da menina se inclinou para frente, e logo ela se encontrava ao chão, e seus olhos castanhos subiram até Emanuelle— Eu sou Melanie, filha de Baco, segunda coorte, e fiel a minha rainha.

— Bem, e eu sou Emanuelle, filha de Netuno, antiga pertencente da segunda coorte— Emanuelle ofereceu a mão para a semideusa— E sua rainha.
armas e informações:
Observação: O treino está curto, i know, mas é o que eu consegui criar nesse meio tempo em que estive livre.
-Tenebris e Lux: Duas adagas constituídas por ouro imperial. Tenebris possuí um brilho mais escuro que Lux.


baby now we got bad blood, we used to be mad love. all rights to Miss!




avatar
Emanuelle T. Bellegar

Mensagens : 142
Data de inscrição : 14/05/2015

Ficha de Personagem
Nível: 18
Health Points (HP):
270/270  (270/270)
Mana Points (MP):
270/270  (270/270)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Ex-staff011 em Sex Jun 05, 2015 4:01 pm

Avaliação

Tenho que admitir que me deu muito gosto ler o seu post. Gostei da narração particularmente pormenorizada nos ataques, a introdução ficou bem e todo o post se desenvolveu naturalmente.
Parabéns!
+190XP -10HP



bleed
Well I’m so above you and it’s plain to see but I came to love you anyway.So you pulled my heart out and I don’t mind bleeding any old time you keep me waiting
avatar
Ex-staff011

Mensagens : 81
Data de inscrição : 01/06/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Emanuelle T. Bellegar em Qui Jan 21, 2016 8:21 pm



Im a queen, bitch...
O mar agitou-se. Emanuelle respirou fundo, puxando todo o ar de seus pulmões e o soltando levemente. Levantou sua sobrancelha para Danaá, que lhe esperava na beira da porta, fitando-a com seus olhos escuros. Danaá era seu braço direito, que com sua pele achocolatada, e os longos cabelos cacheados, reluzia um poder sobretudo fenomenal, digna de uma filha de Ares.

— Me acompanhe — ordenou a rainha, tomando nos braços suas duas adagas e arrastando os pés para fora de seu cômodo. Tomou caminho à arena, a medida que ultrapassava uma duzia de amazonas que perambulavam de um lado para o outro, em suas tarefas diárias. A maioria encontrava-se fora dos limites do reino, submetidas a caçar monstros e ajudar semideuses, sendo estes romanos ou gregos.

Não demorou muito para chegar onde desejado, e Danaá murmurou algumas palavras, se afastando em seguida. Detestava um tratamento privilegiado, e boa parte de sua vida, tinha de manter a boa conduta. Portanto, estava lá em meio a suas irmãs, junto a quatro grandes alvos feitos a mão, tão antigos quanto sua estadia naquele palácio. Sentira o olhar pesar sobre seus ombros, e o corpo entrou em ação.

Lux era sua preferida, e assim como seu nome, era mais clara e reluzente. Os dedos formigaram ao seu toque, trazendo as memórias de suas aventuras. Virou-se de lado, dobrando o braço suficiente para que a ponta da adaga tocasse o beiço de sua armadura, que protegia seus seios. Utilizou da força em seu antebraço, estipulando velocidade em direção ao alvo. Não demorou muito para que a arma atingisse o ar e afundasse sobre o tecido do objeto. Exatamente ao centro.

Ouviu aplausos atrás de si, e seus olhos tornaram-se frios. Buscou a adaga novamente, levantando seu olhar para a plateia que formava-se ao canto da arena. Até mesmo Danaá estava entre elas, carregando aos braços uma jovem bebê, que futuramente tomaria a ocupação de sua mãe. Emanuelle então falara — Clamo por alguém disposto a lutar comigo. Mostrem-me sua ira.

Uma jovem se aproximou. Não podia ter mais dos 16 anos, e parecia um pouco pálida demais para uma amazona. Era Liria, que adentrara ao grupo em poucos meses. Emanuelle mostrou ternura, porém logo segurara ambas as suas adagas nas mãos, estudando a movimentação do corpo de sua adversária — Não tema, Liria. Todas nós possuíamos um espirito de um guerreiro.

A garota não hesitou, como esperado. Um sorriso perverso surgira aos lábios de Emma, que avançara em direção a semideusa. Seus dedos enrolaram em uma das adagas, a medida que a outra mão puxava a garota pelos cabelos. Mechas loiras caíram ao chão, e Liria arregalara seus olhos azuis. Uma amazona não deveria importar-se com detalhes como aquele, mas Emanuelle sabia como poderia ser difícil acostumar-se com a novidade. Ela havia despertado a guerreira.

Os próximos movimentos foram rápidos. Liria sucumbira pela perda, enterrando seus punhos no maxilar da rainha. Emma desviara dos golpes, levantando seu joelho direito e deixando que o corpo da garota batesse de encontro a ela. Não esperou por brechas, e girara o corpo, empurrando-a para o chão com o cotovelo, que golpeara suas costas.

Infelizmente, a semideusa tomou seu calcanhar, puxando-a também para o chão. A rainha sentira suas costelas baterem no solo da arena, e os longos cabelos dourados de Livia, inundaram sua visão. Uma faca surgira aos seus dedos, e quando quase chegara em seu pescoço, a prole de Netuno desviara a cabeça ao lado, impulsionando o tronco para cima e empurrando com a barriga a sua adversária.

Levantou-se com pressa, e quando a outra tentara o mesmo movimento, levara o peito de seu pé até a orelha de Lívia, e com um baque surdo, a garota estava disposta novamente ao chão. Um risco de sangue escorrera pelo lado de sua cabeça, mas a amazona não parecia disposta a desistir naquela atura. Tornou a ficar de em pé, investindo rapidamente em direção a Emanuelle.

Emanuelle então desviava de golpes práticos e rápidos. Lívia tentara lhe socar pela esquerda, e então a direita, e por fim ao centro. Era tão previsível quanto o que faria logo após aquela luta. Ao invés de esperar que seus magros braços cansassem, a rainha puxara a adaga e a levara até a barriga da garota, em um corte rápido, porém profundo. Lívia então acertara seu rosto novamente, e o corpo pendera para trás.

Recuperou sua própria força, tomando os dois braços da garota e a lançando para o chão. Colocara um de seus pés na ferida de Livia, apertando-a com força. O rosto contorceu-se em uma dor, a medida que todas as outras amazonas pareciam apreensivas pelos seus gritos . Emanuelle, entretanto, permanecia com uma expressão fria e analista.

— Treinará com Danaá todos os dias — disse por fim, afloxando seu pé — Ao fim desta semana, será minha melhor guerreira. Entendeu?

A garota acenou apressadamente com a cabeça, e Emanuelle deixou-a ir. O peito arfou em cansaço, mas não deixou que nenhuma gota transparecesse. Não deixaria que suas irmãs descobrissem que estava orgulhosa pela coragem de Livia, pois deviam aprender por si próprias que eram todas iguais ali dentro.
armas:
-Tenebris e Lux: Duas adagas constituídas por ouro imperial. Tenebris possuí um brilho mais escuro que Lux.
### words
these are your notes.



avatar
Emanuelle T. Bellegar

Mensagens : 142
Data de inscrição : 14/05/2015

Ficha de Personagem
Nível: 18
Health Points (HP):
270/270  (270/270)
Mana Points (MP):
270/270  (270/270)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Ex-staff122 em Qui Jan 21, 2016 8:47 pm

AVALIAÇÃO
200XP de 200XP
HP 100/230
MP 95/230

GRAMÁTICA 99/100 (1 = 1 Erro avaliado)
COERÊNCIA E COESÃO 24/25 (1 = 1 Erro avaliado)
COMPROMETIMENTO 25/25
AUTENTICIDADE 50/50

Muito bem, Emma. Muito bem mesmo. Seu texto me prendera em cada centímetro; gramática impecável se não fosse um breve deslize em seu décimo parágrafo, mas nada que me fizera descontar sua quantidade de XP.

I. "mas a amazona não parecia disposta a desistir naquela atura".

Devo lhe parabenizar pelo sua coesão, coerência, por mais que em seu sétimo parágrafo, não tenha se atentado a descrição de uma de suas ações:

II. "A garota não hesitou, como esperado. Um sorriso perverso surgira aos lábios de Emma, que avançara em direção a semideusa. Seus dedos enrolaram em uma das adagas, a medida que a outra mão puxava a garota pelos cabelos.", você estava na posse de duas adagas, Lux e Tenebrae, sim? Faltou-me explicar como se desfez de uma delas para puxar o cabelo da Amazona. Contudo, irei relevar a falha por ter sido a única no âmbito de coesão e coerência.

Amei seu comprometimento e autenticidade. Senti todas as características de Emanuelle em cada linha; sem dúvidas, um dos melhores posts que já avaliei em toda a minha vida. Agradeço por ter me proporcionado uma bela de uma leitura.

Continue assim. Atenciosamente,
Eros.

Atualizado por Hipnos
avatar
Ex-staff122

Mensagens : 33
Data de inscrição : 20/01/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum